[Resenha] Uma Noite Inesquecível de Lisa Kleypas








Titulo : Uma Noite Inesquecível
Autor : Lisa Kleypas
Paginas : 144
Editora : Arqueiro
Gênero : Romance de Época
Classificação :


Sinopse:

O Natal está se aproximando e Rafe Bowman acaba de chegar a Londres para uma união arranjada com Natalie Blandford. Com sua beleza estonteante e o físico imponente, ele tem certeza de que a linda aristocrata logo cairá a seus pés. No entanto, seus terríveis modos americanos e sua péssima reputação de farrista deixam Hannah, a prima da moça, chocada. Determinada a proteger Natalie, ela vai tornar a tarefa de cortejar a jovem muito mais difícil do que Rafe esperava. Hannah, porém, logo começa a se importar mais do que gostaria com o rude pretendente da prima. Rafe, por sua vez, passa a apreciar um pouco demais a companhia de Hannah, uma mulher forte e pragmática com um coração doce e gentil. E quando Daisy, Lillian, Annabelle e Evie, quatro amigas inseparáveis que já conseguiram encontrar o homem de seus sonhos, decidem agir como cupidos, quem sabe o que pode acontecer? Uma noite inesquecível é uma viagem mágica pela Londres vitoriana, com os diálogos espirituosos e personagens memoráveis que consagraram Lisa Kleypas como uma das autoras de romances de época mais aclamadas pelo público. Nesta continuação da série As Quatro Estações do Amor, os mais cínicos se tornam românticos e até os mais tímidos suspiram, arrebatados de paixão.


Depois de tanto bater de frente com o pai e sem concordar com seus ideais. Rafe Bowman decide correr atras de seu futuro, e consegue se sair muito bem. Obteve fortuna e sucesso, mas nunca a aprovação de seu pai. Isso ele só conseguirá se se casar com alguma moça da aristocracia inglesa, que na verdade ele já escolheu. Só precisa usar o seu charme irresistível. Pelo menos é o que ele acha.

A missão de Hannah é proteger Natalie a todo custo, por isso mesmo a contra gosto aceita ao convite de Lady Westcliff para conhecer seu irmão, futuro pretendente de Natalie. O problema é que Rafe se comporta o mais insuportável e  cafajeste possível.

Hannah é a prima pobre e acompanhante de Natalie, e o braço direito de seu tio. Por isso ele confia plenamente no seu julgamento, mas Hannah não tem coragem de destruir as esperanças de seu tio em casar sua prima com um bom partido.Não que isso seja um problema, já que Natalie é a jovem mais cobiçada da temporada.
"Quando olhou para o rosto bonito e arrogante de Bowman, só conseguiu pensar no quanto antipatizava com ele. E, no entanto, essa reação nunca deixara sua boca seca assim antes. A antipatia nunca fizera sua pulsação disparar, nem dera um nó na boca do seu estômago."
Mesmo sendo muito sincera com Natalie sobre todos os acontecimentos do encontro,a prima se deixa levar pelo cortejo do galante e sedutor Rafe. Mas a simpatia entre os dois é grande e inevitável. Deixando Hannah, muito preocupada com a situação, e mesmo sem perceber também se mordendo de ciumes.

Rafe não consegue compreender o prazer que sente quando esta perto de Hannah. Mesmo tendo gostado muito de estar perto de Natalie. Ele ainda não sabe que decisão tomar. Mas ja entendeu que não será uma missão facil.
"Quando olhou para o rosto bonito e arrogante de Bowman, só conseguiu pensar no quanto antipatizava com ele. E, no entanto, essa reação nunca deixara sua boca seca assim antes. A antipatia nunca fizera sua pulsação disparar, nem dera um nó na boca do seu estômago."
Logo no inicio da história matamos a saudade das quatro flores secas. Na verdade só se passarão alguns meses do fim do ultimo livro. As quatro senhoras continuam bancando o cupido, e as vezes até de fadas madrinhas. Ri muito e me emocionei bastante com esse conto de natal.
Só achei que o casal principal merecia uma história com mais paginas. Ficou meio corrido, mas mesmo assim valeu muito a pena.

Um comentário:

  1. Oi Adriana,
    Esse romance é a sua cara! Adorei a resenha concisa porém eficaz. Você conseguiu passar toda as sensações do livro.
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos
    www.garotosperdidos.com

    ResponderExcluir