Exilada de Rebecca Lim








Titulo: Exilada
Autor : Rebecca Lim
Paginas : 194
Editora : Fundamento
Gênero : Romance Sobrenatural
Classificação :


Sinopse:

E se você acordasse sem saber quem é, de onde veio ou por que está ali? Assim é a vida de Mercy - ela simplesmente muda de "corpo" do dia para a noite sem nenhuma explicação ou lembrança que a ajude a se situar. E o pouco que ela consegue recordar é que foi exilada de sua existência real, de flashes do passado da vida das garotas em cujo corpo acordou e de Luc, seu amado, que ela só vê em sonhos e parece ser o único que sabe quem Mercy realmente é. Desta vez, quando ela acorda no corpo de Lela, sua rotina simples está dividida entre cuidar da mãe doente e trabalhar como garçonete em um café. Facilmente, Mercy se adapta a essa nova vida.

Mas Luc tem um plano para resgatá-la. E esse plano envolve encontrar Ryan, o mortal que se apaixonou por Mercy quando ela estava no corpo de Carmen. Mas entrar em contato com Ryan desperta Mercy para sua verdadeira natureza e seus verdadeiros sentimentos e mais dúvidas e conflitos surgem. Para piorar, os Oito - os responsáveis pelo exílio de Mercy - pairam por perto determinados a garantir que ela e Luc fiquem separados para todo o sempre. Por quê? E agora? Será que Mercy descobrirá o que realmente aconteceu com ela? E Luc poderá ajudá-la? Ou será Ryan o salvador dela? Nesta continuação de Mercy, mistério, revelações chocantes e um romance envolvente vão surpreender todos. Exilada vai prender a sua atenção da primeira até a última página.

Vou tentar resumir sem contar muita coisa, pois como se trata se uma continuação, não quero soltar spoilers. Exilada é a continuação do livro Mercy , e a  historia começa exatamente do mesmo jeito da anterior. Mercy em um corpo desconhecido, sem ter a menor ideia de quem ela é , ou pode ter sido. E também continua se encontrando com seu amado Luc em seus sonhos. Desta vez ela se hospeda no corpo de Lela Finnegan, uma jovem pálida e com uma vida solitária, que mora em Sidney, é garçonete e cuida da mãe que está com câncer em estado terminal.
 "Hospedagem" - é como chamo essa situação, que já aconteceu antes e continua acontecendo comigo. As pessoas que eu..."
 E Mercy faz o que pode para ajudar a mãe de Lela se sentir mais confortável, enquanto tenta levar uma vida razoavelmente tranquila. Boa parte da historia e dos acontecimentos se passa no café/restaurante onde ela trabalha, por isso não vou falar nada de lá. Porem em seus sonho Luc a convence de que a única maneira de eles se reencontrarem e viverem o amor deles sem impedimentos, será através de Ryan, o problema é que nem sempre ela se lembra de seus sonhos.
"Você sabe tanto sobre mim quanto eu mesmo, essa é a triste verdade. Sou como uma ladra de corpos, um espírito maligno, uma sequestradora literalmente vestida com a carne de um estranho."
Mas aos poucos ela consegue  se lembrar e se comunicar com Ryan, por mensagem para se reencontrarem, e a cada mensagem trocada um sentimento aparentemente novo começa a surgir, e aos poucos as duvida também aparecem. A lembrança de seu passado como Carmem Zappacosta e todo o seu envolvimento  romântico vivido com Ryan. Será que seu futuro é mesmo ao lado de Luc? Ou o tempo lhe reserva uma bela surpresa! E ainda tem os oito irmãos que querem destruir Mercy, quer dizer, isso ela vai descobrindo se é verdade ou não, afinal nem tudo é o que parece. E agora ela realmente precisa descobrir sua verdadeira origem e qual a sua missão nisso tudo.
 "- Memória é poder, Mercy - ele diz gentilmente. - Ela é que vai fazê-la voltar a seu verdadeiro eu."
Eu particularmente gostei muito de Exilada, mas Mercy ainda é o meu preferido, as coisas acontecem bem naturalmente no decorrer a historias, a confesso que acontecem coisas bem estranhas, porem em alguns momentos, tudo acontecia de um modo muito previsível, incluindo o final. Mas tirando isso a historia é muito fofa, o reencontro dela com o Ryan é muito bonitinho, eu recomendo, espero que o próximo não demore tanto para ser lançado.

Trechos:
"   Vale a pena tentar. Afinal, não consigo me lembrar de absolutamente nada sobre Carmem Zappacosta, além do nome dela...
- Tem certeza que é isso ? Quer que eu encontre uma garota?
    Ele parece decepcionado, como se eu tivesse pedido algo facil demais. O nerd de computador quer um desafio? O que será que ele acharia se eu pedisse: Descubra meu verdadeiro nome. Diga-me porque eu acordo no corpo de outras pessoas sem nenhuma memoria de como fui parar ali e sem a menor ideia de por que isso é necessário. Ou de como é possível.
    Em vez disso, simplesmente aceno com a cabeça.
- É . É isso mesmo."
"O que quer que seja que me mantém desse jeito - aprisionada em outra pessoa, amaldiçoada a ser sempre um ser em outro - mudou quando vi Ryan Daley novamente em meus sonhos.
E mais: nenhum dos oito, nem o próprio Luc, tem ideia do quanto eu estou de volta.
Estou sentindo algo que não sinto a muito tempo. Uma esperança crua que parece dor."
O Sorriso de Gabriel era pesaroso.
- ...É um milagre que estejamos tendo esta conversa, e não pensei que fosse ouvir sua voz de novo, em nenhuma vida Mercy. Ah, e eu ouço, é definitivamente você, apesar da casca humana que foi obrigada a assumir. Uriel estava certo: além de toda a compreensão, apesar de todos os cuidados você está de volta(...)
Gabriel fala de uma forma inesperadamente gentil:
- Você é muito mais que isso Mercy. Pense em Lela, Jennifer, Louren, Lucy, Susannah e em todas as outras antes delas, pense na mudança que você trouxe para as vidas delas."

24 comentários:

  1. Sinceramente esse livro nao me chamou la muita atenção não, sao pouquisimas coisas das quais eu gostei. Entao esses livros, passo. Mas muito boa resenha bem descrita, parabens.

    ResponderExcluir
  2. Há momentos que não me interesso por um livro (como foi o caso do primeiro volume) e em outros, eu curto (como aqui).
    Gostei de como as coisas se desenvolvem naturalmente nesse livro, da fofura e da estranheza também. rs
    Reli a resenha de Mercy e resolvi deixar meu "pé atrás" de lado e dar uma chance para essa história! rs
    Com certeza não é uma série que está no top da minha lista, mas se um dia eu tiver a chance de ler, com certeza o farei.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Gosto bastante de Romances Sobrenaturais.
    Não sei se é impressão minha, mas este livro me lembra um pouco outro livro com essa parte de mudar de corpo.

    ResponderExcluir
  4. Não tenho a intenção de ler essa série de livros como já tinha comentado na resenha de Mercy. Ultimamente ando desanimada em ler livros que tenham continuações, pois mesmo que o livro seja bom as continuações não conseguem se igualar ao mesmo nível do primeiro.

    ResponderExcluir
  5. Parece ser legal, é dinâmico. Que louco! a pessoa dormir de um jeito e acordar de outro hahah é perturbador, preciso ler 'Mercy' para saber com ela lida com essas repentinas transformações.

    ResponderExcluir
  6. Sinceramente adorei o livro e tipo de livro que adoro ler . Achei pela resenha que realmente vale 4 estrelas pois achei pontos positivos e um ponto negativo !

    ResponderExcluir
  7. Não gostei muito do tema do livro,então não o leria .

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a obra mas me interessei depois que li a resenha, o Brasil é um celeiro de novos escritores

    ResponderExcluir
  9. Já tinha lido a sua resenha de Mercy e fiquei interessada. Lendo a resenha de Exilada agora me parece que a história continua boa e não se perdeu. Esse é um dos meus medos nas séries. O primeiro é muito bom e os outros vão decaindo. E isso parece não aconteceu aqui. Espero poder lê-los em breve.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. eu não custumo ler sobre esse tema,mas esse livro me chamou a atenção...

    ResponderExcluir
  12. Olha, li, reli e fiquei meio perdida com essa história de anjo caído que vaga de corpo em corpo. Gostei da ideia, mas sou uma pessoa racional, sabe, preciso de explicações, tipo as crianças "pq o céu é azul?" e por aí vai hahahahahaha

    ResponderExcluir
  13. Oiii, esse livro parece ser bem interessante, daqueles que dá muita vontade de ler. No entanto, eu achei a sinopse um pouco parecida com Todo Dia do autor David Levithan, ou to enganada??
    Mas acho que vale super a pena ler, ainda não tinha visto essa serie, mas agora espero muito ler.
    Amei essa resenha, adoro quando tem bastante quotes do livro ♥
    beijooos!
    Meu Diário

    ResponderExcluir
  14. Meu deus, essa sinopse já me prendeu! Não consigo imaginar alguém que fica mudando de corpo da noite pro dia! Já estou empolgado para ler, está na lista! Não conhecia nada da autora, mas pelo jeito já vou começar a ver!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Eu hein, imagina só acordar em um corpo que você não faz ideia de quem seja e muito menos você não faz ideia de que você mesma é... O.O (me lembrei de ''Todo Dia'').
    Ainda não li ''Mercy'', mas estou adorando saber que se trata de uma história bem maluca, bem viajada. Gosto muito de leitura desse tipo, pois são as que mais me fazem se entreter e acabam sempre virando minhas preferidas.

    ResponderExcluir
  16. Fiquei bastante interessada, principalmente pela premissa do livro, a qual é bem diferente! Nunca li nada desse tipo, que a protagonista acorda em vários corpos diferentes! Nunca li nada sobre a série e pesquisei um pouco sobre o primeiro livro :) É bem interessante e diferente, talvez eu passe numa livraria e resolva comprá-lo...

    ResponderExcluir
  17. Tenho interesse em começar a ler a serie mas tenho medo da demora no lançamento dos livros, eu confesso que odeio esperar rs.
    Este livro me lembra de outro "Todo dia" mas acho que seja outro tema abordado, mas lembra, so acho chato quando é um romance e o casal passa praticamente o livro todo longe...mas quero ler,
    beijos.

    ResponderExcluir
  18. Desde que a li a resenha de Mercy aqui, fiquei super curiosa sobre os livros. Amei a capa de Exilada, com o mesmo clima da primeira... já quero na minha estante. Sem contar que a história parece ser ótimo :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Não li Mercy, mas li sua resenha quando a postou e fiquei encantado com a história, ainda não adquiri o livro, afinal minha lista de desejos é imensa, porém ainda desejo ler esse livro e agora é claro Exilada, acho muito legal essa coisa de se "hospedar" no corpo de outra pessoa, se bem que o fato de não se lembrar por que isso acontece corriqueiramente é assustador, seria bem legal um poder assim, a cada mês um novo personagem, uma nova vida, um novo romance, com certeza é algo que muitos desejariam.

    ResponderExcluir
  20. Misto de "Hospedeira" com "Todo dia', hehehe...
    Adorei a dica, Adri. E nem sabia que era sequência.
    Terei que pesquisar sobre o livor 1 agora!!!
    O bom é que neste livro a personagem lembra de mais coisas, né?
    Fiquei mega curiosa... adorei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Sério que o nome da garota é Mercy? Cool. Nunca me interessei para ler nenhuma resenha sobre o livro, mas me parece ser legal, e me lembrou de The Host HAUSHUAHSUAH

    ResponderExcluir
  22. Nunca parei pra pensa de como seria acordar e nao sabe quem sou ... seria maluco mais como moro com minha familia iria me leva pra hospital ... mas antes ia acha que estava brincando

    ResponderExcluir
  23. Mais um caso de segundo volume que não superou seu antecessor. Mas, pelo menos ele não foi um desastre como muitos outros por aí. Que bom que, mesmo tendo algumas passagens previsíveis, inclusive o final, a história conseguiu te agradar.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir